Healthy Lifestyle #1

Olá meus queridos! Tal como falei aqui, uma das minhas metas para 2018 era começar a comer de forma mais saudável, para também perder peso.

Antes de mais, preciso referir que não estou tentando perder peso pois acho-me feia ou não tenha auto-estima, porque é totalmente o contrário. Eu gosto do que vejo no espelho, tenho auto-estima, só que o que mais me preocupa é a minha saúde. Tal como falei – aqui, devemos perder peso por motivos que não sejam ficar bonita ou ter mais auto-estima. Eu sei, é complicado. Eu própria levei imenso tempo até perceber isso. Com tempo, chegarão lá. Não se preocupem.


No dia 2 de janeiro comecei a mudar o meu pequeno almoço. Antes comia cereais ou pão de forma com manteiga, todos os dias. Agora como iogurte natural com Muesli de Frutos Secos e banana. Algumas pessoas que fazem dieta indicaram-me o Muesli e preferi o de frutos secos pois vem nozes e amêndoa. Costumo tirar duas colheres de sopa mal cheias de iogurte, duas colheres de sopa cheias dos cereais e uma banana pequena. No primeiro dia foi difícil pois não estava acostumada a um iogurte tão azedo quando comia sempre o mais doce, mas nos dias seguintes, não quis outra coisa. E enche imenso! Acreditem!

Nesse mesmo dia, comecei a beber 0,50cl de água. E no fim dessa semana, já bebia 1,5L sem quaisquer problemas. Atualmente, já bebo 2L de água e 0,50cl de chá verde, todos os dias.

Como almoço e jantar, tenho tentado comer porções pequenas (até porque não consigo comer muito devido ao estômago estar quase todo cheio de água) e às vezes como sopa de legumes, outras vezes faço uma salada de grão de bico, feijão frade, ovo e atum (fica deliciosa!) e nas outras refeições, como moro na casa dos meus pais, como aquilo que eles fazem, sempre optando por menos e sem batata (pois aqui em casa não falta batata na comida). Para lanches: peças de fruta, iogurte líquido, gelatina (feita em casa), bolachas de aveia e crackers integrais sem sal.

É importante saberem o podem comer e o que não podem. Eu já estive na nutricionista e ela deu-me quase todas as indicações que sigo agora. Uma das coisas que ela sempre falou é que não podemos cortar tudo de uma só vez. Temos de ir aos poucos. E também como porcarias (sim, é verdade!). Ao domingo saio sempre com o Tiago e comemos fora e acabo por comer sobremesa. Também fica pelo dia da porcaria 😂 mas tenho tido imenso cuidado.

Há que ter equilíbrio e noção do que nos faz mal. Contudo, se for de vez em quando, não tem mal nenhum.

Algo que não tenho comido: chocolate. E eu adoro! Mas não posso nem olhar para ele. Quando olho quase vomito. Não sei porquê mas acho que enjoei do Natal (e não comi muito, imaginem se tivesse comido).

A perguntava que não vos deixa calar é quanto peso tinha e quanto perdi até agora, à qual direi não sei. É verdade! Pesei-me pela última vez há 4 meses atrás e desde então nunca mais. Quando completar 6 meses de reeducação alimentar irei pesar-me e tirar as minhas próprias conclusões. Até lá, continuarei com o trabalho feito até agora e tentarei não comer muita porcaria.

Preciso mesmo agradecer pelo feedback que deram ao dizerem que queriam este post. Caso mude algo na minha alimentação ou tenha alguma novidade, volto com outro post. Já tentaram fazer reeducação alimentar? Qual a vossa experiência?

Share Button

16 Comentários

  1. Reeducar o nosso paladar, com o intuito de melhorarmos a nossa alimentação, é mesmo importante. Claro que, sobretudo no início, custa, mas os resultados compensam. Por vezes, podem não se traduzir em números concretos, mas na nossa mobilidade/agilidade para desempenhar determinadas tarefas. Além disso, é fundamental fazermos isto pelos motivos certos, caso contrário vamos voltar atrás.
    A primeira vez que comi iogurte natural detestei, mas quando voltei a fazê-lo nunca mais quis outra coisa. E dá-me imenso gozo preparar os meus pequenos-almoços/lanches com iogurte, sementes e fruta 🙂

    r: São mesmo *.*

    Espero que a edição do teu livro esta a correr bem. Boa sorte <3
    Pois é, sendo assim é necessário fazer alterações

    Beijinho grande

    1. Também não quero outra coisa agora. Teve um dia em que já não tinha iogurte e comi os meus antigos cereais e não me soube a nada. Comia sem vontade e desejando que a tigela fosse menor e que acabasse depressa. É tudo o hábito. No primeiro mês custa sempre mas nos seguintes vai custando cada vez menos.

      Está a correr bem. Dentro dos possíveis, se assim posso dizê-lo. Beijinhos 💙

  2. Eheheh muito obrigado, meu bem 😀
    Espero muito que gostes das restantes publicações. Tanto da surpresa – que não é assim nada transcendente -, quanto dos Açores 😛
    E isso é bom 🙂 As mudanças também têm de ser feitas aos poucos e tenho a certeza que ele vai começar a arriscar cada vez mais 😛

    em relação ao teu post: não podia estar mais de acordo. Devemos mudar os nossos hábitos e a forma como nos queremos ver, por nós próprios e não por aceitação alheia… só faz sentido se assim for 🙂 E ter um estilo de vida mais saudável não é, de todo, impedimento para não possamos cometar alguns deslizes… Sou da opinião que só é realmente saudável se assim for!

    1. Aii estou ansiosa!! 🙊🙊 Esperemos que arrisque mais vezes.

      É mesmo!! Alguns deslizes são necessários visto que senão não temos aquela “força” para continuar a reeducação alimentar. Beijinhos 💙💙

  3. Força nisso e muito boa sorte. Vais ver que devarinho conseguirás atingir o que pretendes e é essencial sentires te bem contigo própria.
    Isso tem muito boa cara… Já marchava pa se comer ehehe
    Um beijinho

    https://meanddiamond.blogspot.pt/2018/02/o-meu-primeiro-q.html?m=1

    1. Devagar se vai ao longe. Devagarinho vou conseguir chegar aos meus objetivos. Obrigada querida! Beijinhos 💙💙

  4. Cassy Frost says: Responder

    Adorei este post! 💙
    Também conheço gente que já fez reeducação alimentar e aquilo que eu estranhava mais eram as sandes de pão de forma torrado com fiambre de peru grelhado (para ficar sem gordura) e queijo magro. Tinha um aspeto meio estranho mas era uma delícia😁

    1. Isso não como, pois tento evitar peru e tostas. Mas acredito que fica muito bom. Obrigada querida 💙 Beijinhos

  5. Boa sorte minha querida, bem sei o quanto é difícil manter o foco, mas parece-me que está a correr muito bem. Espero que vás fazendo mais posts deste género! 🙂

    (sobre o casamento, fui wedding planner durante bastante tempo, por isso, caso precises de alguma coisa diz 🙂 )

    beijinho

    1. Irei fazer mais posts, de modo a que fiquem a par de tudo. Obrigada querida 💙

      Muito obrigada! Se precisar já sei. Beijinhos

  6. É tão bom ver que estas a fazer uma coisa porque que gostas e está a correr bem! Acredito que estes posts irão ajudar-me a mudar 😀 Ficarei aguardar mais posts <3

    Beijinhos

    1. Vou tentar postar um todos os meses para contar como está a ser. Beijinhos 💜

  7. A reeducação alimentar é sinceramente a única forma que acredito funcionar para se perder peso. Dietas que duram x tempo e apenas inibem temporariamente o nosso apetite já se sabe que não levam a lado nenhum.
    Ainda no ano passado estava com bastante peso a mais do meu normal e decidi mudar os meus hábitos alimentares e começar a treinar. Virei a minha alimentação do avesso, contava kcal e tudo e a verdade é que resulta mesmo e perdi o tal peso. Mas o engraçado é que de há quase 2 meses para cá parei de treinar (tenho de contrariar esta preguiça) e de ser tão rigida com a alimentação e, surpresa das surpresas, continuo com o mesmo peso ou mesmo a perder porque me eduquei a fazer escolhas mais saudáveis e a comer na dose certa e já o faço inconscientemente (com um deslize ou outro de vez enquanto).

    Vais ver que tarda nada estás a ver resultados também! Beijooo

    1. Por isso é que digo que dietas não faço mais. Faço reeducação alimentar para que possa escolher opções mais saudáveis. É claro que sempre vai haver deslizes. É quase inevitável. Espero bem que sim. 🙌🏼🙌🏼 Beijinhos ❤️

  8. a reeducação alimentar feita de forma consciente e com paciência muda vidas 🙂 muitos parabéns pela tua decisão de te tornares mais saudável e que daqui a 6 meses sintas que foi das melhores mudanças da tua vida 🙂
    um grande beijinho
    Vânia

    1. Tenho a certeza que daqui a 6 meses terei essa noção. Obrigada pelo carinho! 💜 Beijinhos

Deixe uma resposta